Montanhista se sacrifica para salvar mulher e amigo nos EUA

SEATTLE, EUA - Um montanhista romeno perdeu a vida na quarta-feira, dia 11, ao deitar sobre a neve para proteger a mulher e o amigo do frio.

AP |

O trio escalava o Monte Raineir quando foi surpreendido por uma tempestade de neve. Ao se darem conta que já não conseguiriam encontrar o caminho de volta, os montanhistas escavaram com as próprias mãos uma trincheira na neve.

Eduard Burceag, de 31 anos, deitou na neve e seus dois companheiros deitaram por cima dele. Quando eles sugeriram trocar de lugar, Burceag se recusou alegando que estava bem. A Mariana Burceag sobreviveu à tempestade, assim como o amigo do casal, Daniel Vlad, 34 anos.

"A recusa pode ter salvado a vida da mulher e do amigo, disse Kevin Bacher, porta voz do parque nacional onde o monte está localizado.
Kevin Hammonds, funcionário da equipe de resgate do parque que atendeu ao pedido de socorro às 3h30 de terça-feira, dia 10, descreveu a tempestade como a pior que ele já viu.

Apesar da visibilidade perto de zero, Hammonds e um colega partiram em busca dos montanhistas. Conseguiram localizar algo parecido com uma pedra em uma localização pouco usual e, com a ajuda de binóculos, puderem perceber que o objeto se mexia. Eram os três montanhistas que se protegiam da tempestade.

Quando o trio foi resgatado. Mariana Burceag estava consciente, porém dizia coisas sem coerência. Seu marido já estava inconsciente e sem pulsação. Mariana foi aquecida e levada até o acampamento-base. Uma hora depois, a equipe de resgate retornou ao local para buscar Eduard Burceag, mas as tentativas de reanimá-lo não tiveram sucesso.  

Leia também:


    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG