Um grupo de monges tibetanos protestou nesta quarta-feira diante de jornalistas estrangeiros, em um desafio às autoridades chinesas, em um mosteiro budista do noroeste da China.

Quinze monges do mosteiro Labrang, na pronvíncia de Gansu, se aproximaram dos repórteres com cartazes e gritando frases a favor do Dalai Lama, segundo um integrante da delegação de imprensa.

A agência oficial de notícias Nova China confirmou que os monges "interromperam" a visita organizada da imprensa estrangeira, mas esta prosseguiu pouco depois.

phm-kma/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.