Mogadíscio: 208 mortos e 700 feridos desde 7 de maio

Pelo menos 208 pessoas morreram, na maioria civis, e mais de 700 ficaram feridas em Mogadíscio desde 7 de maio, quando os insurgentes islamitas iniciaram uma ofensiva contra o Exército, anunciou o ministro somali de Assuntos Humanitários.

AFP |

"No total, 80% dos mortos e feridos são civis presos na linha de tiros", declarou o ministro Mohamud Ibrahim.

Em 7 de maio, os insurgentes lançaram uma ofensiva sem precedentes, liderada pela milícia "Hezb al-Islamiya" do líder radical Hassan Dahir Aweys e pelos extremistas shebab, para derrubar a presidência.

Quase 57.000 habitantes de Mogadíscio foram obrigados a fugir desde o início da ofensiva, segundo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR).

nur-mc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG