Nova York - A modelo Ruslana Korshunova, de 20 anos, que foi capa de revistas como Elle e Vogue, morreu neste sábado em Nova York, ao cair da janela de seu apartamento, no que parece ser um suicídio, informam hoje meios de imprensa locais.

Korshunova, nascida no Cazaquistão, caiu do nono andar do edifício Water Street, no distrito financeiro de Nova York, por volta das 15h30 de Brasília do sábado, segundo fontes policiais e testemunhas citadas por "The New York Post" e "Newsday" em suas páginas da internet.

As fontes policiais disseram que não havia sinais de luta em seu apartamento e que aparentemente se tratou de um suicídio.

Segundo o "Newsday", a Polícia investiga agora se havia alguém com ela no apartamento quando aconteceram os fatos, na espera de que a autópsia revele a causa da morte.

A modelo, que foi descoberta por uma agência em 2003, tinha sido capa de "Elle" na França e da "Vogue" na Rússia, além de ter trabalhado para a publicidade de firmas como DNKY, Vera Wang, Marc Jacobs e Christian Dior.

Korshunova, famosa por seu longo cabelo e seus olhos verdes, era representada em Nova York pela IMG Models, companhia entre cujas clientes estão Kate Moss e Heidi Klum e que, por enquanto, não quis fazer comentário algum sobre o caso, informa a "Newsday".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.