Mitt Romney ganha caucus republicano de Maine

Ex-governador de Massachusetts conseguiu evitar sua quarta derrota consecutiva e ficou com 39% dos votos contra 36% de Ron Paul

iG São Paulo |

O pré-candidato republicano à eleição presidencial dos Estados Unidos Mitt Romney se recuperou neste sábado das derrotas de terça-feira passada em três Estados com uma vitória apertada no caucus do Estado de Maine e a conquista do apoio de ativistas na pesquisa da Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC, em inglês).

Entenda: Quem são os principais pré-candidatos republicanos

AP
Pré-candidato republicano Mitt Romney faz discurso em caucus no Maine, EUA

Romney conseguiu 39% dos votos (2.190), seguido muito de perto pelo legislador do Texas Ron Paul, que apesar de ter posto muita esperança neste pleito para obter sua primeira vitória na corrida presidencial, obteve um insuficiente 36% (1.996).

O comitê republicano de Maine não é vinculativo, da mesma forma que Iowa, Colorado e Minnesota, por isso nenhum dos 24 delegados do Partido Republicano que estavam em jogo no Estado é obrigado a votar em um candidato específico. Tanto Santorum como o ex-presidente da Câmara de Representantes (Deputados) Newt Gingrich não fizeram muitos esforços nesta campanha e ficaram para trás nos resultados, obtendo 18% e 6% dos votos respectivamente.

Segundo a agência Associated Press, aos seus partidários, Ron Paul disse que eles não deveriam sentir-se desencorajados e afirmou que o resultado foi um "empate virtual".

O ex-governador de Massachusetts Romney, que tinha perdido as últimas três disputas eleitorais para o ex-senador da Pensilvânia Rick Santorum, se empenhou muito nos últimos dias para ganhar a confiança dos republicanos de Maine e continuar à frente na corrida para a candidatura presidencial do partido, que lidera agora com 120 delegados.

O objetivo de Romney em Maine era conseguir que seus eleitores apostassem nele para convencer a ala mais conservadora do Partido Republicano e dar um golpe de efeito, após a tripla vitória esta semana de Santorum.

O ex-governador de Massachusetts, que tinha visitado Maine durante o dia, agradeceu a seus seguidores através de um comunicado. Quando o líder do Partido Republicano nesse Estado divulgou os resultados, Romney estava no litoral oeste para participar de um evento de arrecadação de fundos.

Segundo o pré-candidato, sua vitória neste pequeno Estado significa que os cidadãos do Maine enviaram "uma clara mensagem" de que é necessário uma mudança na Casa Branca. Romney também reivindicou sua longa experiência no setor privado e se qualificou como o único que "pode arrancar pela raiz a cultura de despesas, endividamento e burocracia sem fim de Washington".

Apoio de ativistas

Mas esta não foi a única vitória colhida pelo ex-governador neste sábado. No final da tarde, a poucas horas de os resultados do Maine serem divulgados, os ativistas presentes à CPAC, que reuniu mais de dez mil pessoas, também lhe deram seu apoio com 38% dos votos. Atrás dele, Santorum alcançou 31% do apoio, seguido de Gingrich, que ficou em terceiro lugar com 15%, e de Paul com 12%.

A próxima grande reunião eleitoral das primárias republicanas acontece no dia 28 de fevereiro, nos Estados de Arizona e Michigan, ambos considerados chave nas eleições de novembro, nas quais o presidente Barack Obama buscará a reeleição pelo partido Democrata. Após os resultados de Maine, Romney é até agora o candidato que conseguiu o apoio de mais delegados (120), seguido por Santorum (72), Gingrich (32) e Paul (16). Para a nomeação são necessários 1.144.

Com EFE

    Leia tudo sobre: eleição nos euacaucus MaineRomneyron pauleua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG