Mitchell chega à Síria para se reunir com presidente

Damasco, 20 jan (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Oriente Médio, George Mitchell, chegou hoje à Síria para se reunir com o presidente, Bashar al-Assad, no que é considerado um novo impulso às negociações para alcançar a paz na região.

EFE |

Segundo a agência de notícias síria "Sana", o senador foi recebido pelo presidente árabe no palácio presidencial.

Ontem, o enviado da Casa Branca esteve no Líbano onde se reuniu com o presidente, Michel Suleiman, o porta-voz parlamentar Nabih Berri, o primeiro-ministro, Saad Hariri, e o ministro de Assuntos Exteriores Al el-Chami.

Com eles, discutiu a situação "dos esforços para alcançar a paz no Oriente Médio e conheceu o ponto de vista do Líbano a este respeito", informou, em comunicado enviado hoje, a Embaixada dos Estados Unidos em Beirute.

Segundo este comunicado, "o senador assegurou o compromisso do presidente Obama e da secretária de Estado, Hillary Clinton, com uma paz global no Oriente Médio que inclua a paz entre Israel e os palestinos, e com a Síria, e com o Líbano, assim como a normalização das relações com os Estados árabes".

"Reiterou que o Líbano terá papel-chave nos esforços a longo prazo para construir uma paz duradoura e global" e que não há solução para a região que não inclua o Líbano, segundo a nota.

"Além disso, como enviado dos EUA, Mitchell confirmou ao primeiro-ministro Saad Hariri que seu país não apoiará a naturalização forçada dos palestinos que vivem no Líbano", acrescentou a nota. EFE gb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG