Um suposto míssil americano atingiu neste domingo a casa de um dirigente político no noroeste do Paquistão, matando ao menos três pessoas, informaram os serviços de segurança.

O míssil atingiu a casa de Jani Khel, na província da Fronteira Noroeste, na zona tribal do Waziristão do Norte, próxima ao Afeganistão.

"A identidade das vítimas ainda não está clara. Não sabemos, inclusive, se trata-se de um alvo importante", disse à AFP um responsável dos serviços de segurança do Paquistão, que pediu para não ser identificado.

jm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.