Míssil israelense cai no Egito, mas não explode

CAIRO (Reuters) - Um míssil israelense caiu no território egípcio perto de uma casa, na cidade fronteiriça de Rafah, na segunda-feira, mas não explodiu, afirmaram fontes policiais. O míssil caiu no distrito de Brazil, cerca de 200 metros dentro do Egito, durante um ataque aéreo israelense na fronteira entre Egito e Gaza, onde os israelenses atacam túneis usados para levar produtos contrabandeados para Gaza.

Reuters |

A polícia cercou a área e pediu a especialistas em desmantelamento de bombas que lidassem com o míssil, segundo as fontes.

Esta é a primeira munição israelense a cair no território egípcio depois de 17 dias de ofensiva em Gaza, embora explosões e tiros de metralhadora tenham chegado ao Egito.

O ministério das Relações Exteriores israelense pediu desculpas ao Egito na segunda-feira, porque fogo israelense feriu duas crianças egípcias e dois policiais um dia antes.

O embaixador israelense disse que o bombardeio tinha um alvo militar, segundo o ministério das Relações Exteriores egípcio.

Aviões de combate de Israel têm sobrevoado o território egípcio durante os bombardeios aos túneis, segundo testemunhas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG