Missas marcam 1 ano do desaparecimento de Madeleine McCann

Missas celebradas em Portugal e na Grã-Bretanha marcam, neste sábado, o primeiro aniversário do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann, de um resort na Praia da Luz, em Portugal. Os pais da menina, Gerry e Katie, devem passar o dia em casa com os filhos gêmeos, no condado de Leicestershire, na Grã-Bretanha.

BBC Brasil |

Eles devem sair apenas para participar de uma missa em uma igreja da cidade de Rothley, onde moram.

Parentes e amigos da família lançaram a campanha Light the Way Home (Ilumine o caminho de volta para casa) e pedem que pessoas em todo o mundo acendam velas e lanternas entre 21h30 e 22h desta noite, (18h no horário de Brasília), hora em que Madeleine sumiu do quarto onde dormia com os irmãos.

Os tios e um primo de Madeleine viajam para Portugal em nome da família e participarão de uma missa que será rezada esta noite na Igreja Nossa Senhora da Luz, na Praia da Luz.

A menina britânica, que no próximo dia 12 completa 5 anos, desapareceu no dia 3 de maio de 2007.

Enquanto Madeleine e os irmãos, Sean e Amelie, dormiam, os pais jantavam com amigos num restaurante distante 50 metros do apartamento.

Gerry e Katie disseram à polícia que a cada meia hora iam ao quarto verificar se as crianças estavam bem, mas que ao chegarem ao local, por volta das 22h, viram que a filha havia sumido.

Apesar do envolvimento das polícias britânica e portuguesa e da mobilização de centenas de pessoas, até hoje não se sabe o paradeiro da criança.

Em setembro do ano passado, a polícia portuguesa considerou os pais da menina formalmente suspeitos.

Gerry e Katie, no entanto, negam qualquer envolvimento no caso e insistem que não vão descansar enquanto não descobrirem o que aconteceu com a filha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG