Missão humanitária deixará Colômbia em breve após ser rejeitada pelas Farc

Paris, 8 abr (EFE) - A missão humanitária enviada por França, Espanha e Suíça para dar assistência médica a Ingrid Betancourt e a outros reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com problemas de saúde deixará a Colômbia em breve, anunciou o Ministério de Exteriores da França em comunicado.

EFE |

O motivo seria a rejeição da missão por parte da guerrilha, acrescenta a nota. EFE al/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG