violações graves dos direitos humanos em Honduras - Mundo - iG" /

Missão denuncia violações graves dos direitos humanos em Honduras

Missão internacional integrada por representantes de diferentes organismos denunciou nesta quinta-feira o registro, em Honduras, de violações graves e sistemáticas dos direitos humanos depois do golpe de Estado de 28 de junho.

AFP |

Entre os abusos, foram mencionadas execuções extrajudiciais durante o toque de recolher noturno, pressões sobre a imprensa não ligada ao governo de fato de Roberto Micheletti e "a suspensão dos direitos fundamentais dos hondurenhos".

Da missão de 15 membros participam delegados da Federação Internacional de Direitos Humanos, do Centro pela Justiça e o Direito Internacional, além do Serviço Paz e Justiça, entre outras entidades.

"A missão (...) identificou a existência de graves violações aos direitos humanos ocorridas no país após o golpe de Estado", disse Enrique Santiago, da Federação de Associações de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da Espanha.

O Comissário dos Direitos Humanos de Honduras, Ramón Angel Custodio, que apoia com entusiasmo o governo Micheletti negou as informações sobre violação aos direitos humanos, assim como o próprio Micheletti.

fj/pz/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG