Missão de investigação da ONU entrará em Gaza na segunda-feira

Genebra, 29 mai (EFE).- A ONU anunciou hoje que a comissão criada para investigar as violações aos direitos humanos durante a mais recente ofensiva israelense na Faixa de Gaza viajará à região neste fim de semana e entrará no território palestino na próxima segunda-feira.

EFE |

Esta missão será presidida por Richard Goldstone, ex-promotor dos tribunais internacionais para a antiga Iugoslávia e Ruanda.

Também é formada pela professora de direito internacional Christine Chinkin, pela jurista Hina Jilani e o coronel retirado do Exército irlandês Desmond Travers.

A ONU informou que os especialistas em direitos humanos pretendem permanecer cerca de uma semana em Gaza, aonde entrarão a partir do Egito pela passagem fronteiriça de Rafah.

"A missão planeja se encontrar com todas as partes envolvidas, incluindo ONGs, agências das Nações Unidas, vítimas e testemunhas das violações denunciadas, assim como com outras pessoas que possam oferecer informação relacionada aos fatos investigados", afirmou um porta-voz.

Outros grupos semelhantes criados pela ONU nos últimos anos não puderam cumprir sua missão, porque Israel não autorizou.

Esta comissão de investigação foi criada pelo Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, após os fatos ocorridos entre 27 de dezembro do ano passado e 18 de janeiro, mas ficou formada no início de abril. EFE is/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG