Missão da UE no Kosovo estará plenamente operacional até o final do ano

Pristina, 19 ago (EFE).- A missão da UE para apoiar a criação de um Estado de direito no Kosovo (Eulex) estará plenamente em funcionamento no final do ano, informou hoje de Pristina o órgão operacional comunitário.

EFE |

Este anúncio acontece após a Eulex assinar ontem um acordo com a Administração da ONU na ex-província sérvia (Unmik) para ceder materiais e equipamentos que ajudem os europeus a iniciarem sua missão.

"Este importante passo permitirá que a Eulex avance e intensifique seu amplo posicionamento no Kosovo nas próximas semanas, em estreita colaboração com a ONU", afirmou a missão da União Européia (UE).

O memorando assinado ontem entre as duas organizações é o primeiro passo na aplicação do plano anunciado em junho passado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, para reorganizar a missão internacional no Kosovo e ceder competências a Bruxelas.

Neste sentido, Yves de Kermabon, chefe do ente operacional da UE, afirmou que a "Eulex está preparada para assumir os desafios e compromissos pendentes para apoiar o império da Lei no Kosovo", a região sérvia que em fevereiro passado declarou sua independência.

A este respeito, a Eulex destacou em seu comunicado de hoje que sua atuação se manterá sob o estabelecido na resolução 1.244 do Conselho de Segurança, aprovada em 1999 e que definiu o plano de paz internacional para o Kosovo e criou a Unmik.

Diante da oposição da Rússia e da Sérvia ao plano inicial de que a ONU cedesse paulatinamente seu papel à Eulex, Ban Ki-moon anunciou a reorganização da Unmik, que manterá uma pequena presença no Kosovo, enquanto transfere competências em matéria de Polícia, Justiça e Alfândegas à UE. EFE am/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG