Pristina, 23 set (EFE).- Quatro servo-kosovares acusados de crimes de guerra durante o conflito de 1998 e 1999 foram detidos hoje pelas forças da missão da União Europeia (Eulex), na região de Gnjilane, no leste do Kosovo.

"A Polícia da Eulex, apoiada pela Polícia kosovar, deteve quatro servo-kosovares suspeitos de crimes de guerra. A detenção foi ordenada pelo promotor da Eulex, sob cuja autoridade se desenvolve a investigação", explicou a missão europeia, em comunicado.

A Eulex não ofereceu mais informações sobre os crimes pelos quais os quatro detidos são acusados.

A emissora de rádio sérvia "B-92" aumentou para cinco o número de detidos.

A missão Eulex foi mobilizada no Kosovo em dezembro do ano passado e conta com cerca de 1,9 mil policiais, promotores, juízes e agentes alfandegários, cuja missão é apoiar as autoridades de Pristina em matéria de segurança e legislação. EFE Bg-as/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.