Cartum, 9 jul (EFE).- A missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur (Unamid) confirmou hoje a morte de um de seus soldados em uma emboscada na região, em que 19 militares ficaram feridos e outros seis estão desaparecidos.

O porta-voz da Unamid, Sherin Zorba, assegurou em coletiva de imprensa que uma patrulha de capacetes azuis, composta por 30 veículos, foi alvo ontem de uma emboscada no norte de Darfur.

Segundo a agência oficial sudanesa, o número de mortos chega a cinco e o de feridos a oito, enquanto os desaparecidos são 17.

Zorba disse que o ataque aconteceu ontem e que a Unamid abrirá uma investigação sobre o ocorrido.

Atualmente, a força internacional em Darfur conta com nove mil soldados na região, dos 26 mil que estão previstos serem destacados para a zona, segundo o mandato do Conselho de Segurança da ONU. EFE az/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.