Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Missão da OEA busca com chanceler equatoriana saída à crise com Colômbia

Quito, 7 abr (EFE) - A missão da Organização dos Estados Americanos (OEA) que está em Quito para buscar uma saída à crise entre Equador e Colômbia, que ainda não retomaram suas relações diplomáticas, se reuniu hoje a portas fechadas com a ministra das Relações Exteriores equatoriana, María Isabel Salvador.

EFE |

O diplomata boliviano Víctor Rico Frontaura, que lidera a delegação, disse aos jornalistas antes do encontro que seu mandato é "restabelecer a confiança e o diálogo entre as duas partes".

Rico Frontaura, que amanhã à noite deve viajar para Bogotá com a delegação para se reunir com as autoridades colombianas, ressaltou que conversará com ambos os Governos e que "todos os textos serão lidados por canais oficiais", pelo que não fará declarações sobre o tratado.

Após estes encontros, a comissão "informará ao secretário-geral (da OEA, José Miguel Insulza), pois ele é quem está a cargo da missão", por mandato dado em 18 de março pelos chanceleres do organismo, especificou.

Na ocasião, os ministros de Exteriores da OEA rejeitaram a incursão de forças militares da Colômbia em território equatoriano para atacar um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), por considerar que constituiu uma clara violação da soberania e integridade territorial do Equador.

A resolução aprovada nesta reunião também instruía o secretário-geral da OEA para que atue para buscar o restabelecimento de um clima de confiança entre as duas partes. EFE jc/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG