Miss Grã-Bretanha lança candidatura ao Parlamento

A vencedora do concurso Miss Grã-Bretanha 2008 decidiu disputar uma vaga no Parlamento e disse que pretende dar mais glamour a Casa dos Comuns. Gemma Garrett, de Belfast, na Irlanda do Norte, vai concorrer à vaga de representante da cidade de Crewe, no noroeste da Inglaterra, em uma eleição no próximo dia 22.

BBC Brasil |

A antiga representante local no Parlamento, a trabalhista Gwyneth Dunwoody, morreu recentemente, aos 77 anos de idade, após 34 anos de carreira parlamentar.

Garrett, de 26 anos, é candidata pelo recém-criado partido Beauties for Britain (em tradução literal, Beldades Para a Grã-Bretanha), que promete injetar um pouco de "glamour europeu" no Parlamento.

A miss britânica terá de vencer a filha de Dunwoody, Tamsin, de 49 anos, que também concorre à vaga.

Poder da beleza
A campanha de Garrett teve início na segunda-feira. A candidata disse à imprensa reunida em Londres que quer fazer do Parlamento britânico um lugar "tão glamouroso quanto as legislaturas européias, onde mulheres bonitas abundam nos mais altos escalões do governo".

A plataforma eleitoral da modelo norte-irlandesa inclui lutar contra a corrupção, pela transparência e "fazer a Grã-Bretanha se sentir bonita novamente".

"Eu posso não saber muito sobre política, mas sei sobre pessoas", disse Garrett ao jornal Daily Telegraph.

"Eu quero que os políticos britânicos sejam sexy, e não sujos, e que mostrem que realmente se importam com as mulheres", acrescentou a miss.

"Tudo vai mudar em Crewe, e estou animada para encontrar os eleitores e mostrar a eles o poder da beleza."
Durante sua campanha, Garrett contará com o apoio de Robert de Keyser, presidente do concurso Miss Grã-Bretanha e seu assessor político.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG