Miss é presa com suposta quadrilha de traficantes no México

A polícia da cidade mexicana de Guadalajara disse que prendeu uma vencedora de concurso de beleza que viajava com sete supostos traficantes de drogas em um veículo carregado de armas, munições e milhares de dólares. Laura Zúñiga, de 23 anos, foi coroada Miss Sinaloa (seu Estado natal) em julho passado e, em novembro, Rainha Hispano-americana, em concurso na Bolívia.

BBC Brasil |

Agora ela deveria representar o México em uma competição na Ásia.

Segundo o diretor de Segurança Pública do Estado de Jalisco, Francisco Solorio, as oito pessoas, que viajavam em dois veículos, foram detidas em um posto de controle do Estado na noite de segunda-feira depois de uma denúncia anônima à polícia.

Zúñiga disse à polícia que planejava ir à Bolívia e à Colômbia com seus acompanhantes "para fazer compras".

O presidente do México, Felipe Calderón, disse que está determinado a destruir os cartéis de drogas que operam em várias partes do país, de acordo com o correspondente da BBC na Cidade do México, Stephen Gibbs.

Mas, quase todos os dias as autoridades descobrem mais evidências do quanto o crime organizado se infiltrou na sociedade mexicana, afirmou Gibbs.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG