Um avião Mirage da força de dissuasão nuclear francesa, que não transportava armas, caiu nesta quarta-feira em Laurenan (oeste da França) e seus dois tripulantes conseguiram se ejetar e sobreviver à queda, informou a Força Aérea.

O Mirage, que realizava uma missão de treinamento e, portanto, não carregava armas, era pilotado por dois militares experientes, que conseguiram se salvar.

A queda provocou um incêndio no aparelho, que foi controlado pelos bombeiros, sem causar qualquer tipo de dano.

ha/jo/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.