Ministros pedem a líderes do G8 redução à metade de emissões de CO2 até 2050

Tóquio, 26 mai (EFE).- Os ministros do Meio Ambiente do Grupo dos Oito (G8) pediram nesta segunda-feira aos líderes de seus países que durante a cúpula de julho em Hokkaido (norte do Japão) acertem a redução de pelo menos à metade das emissões de gases poluentes até 2050.

EFE |

Após uma reunião de três dias na cidade de Kobe (sudoeste do Japão) os representantes de França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Japão e Rússia, disseram que pedirão a seus líderes que "acertem uma meta comum a longo prazo", segundo o comunicado conjunto divulgado hoje.

Com o objetivo de reduzir pelo menos à metade as emissões de gases poluentes à atmosfera, que já contava com o apoio da União Européia (UE) e Japão, o G8 quer "demonstrar a liderança" na luta contra a mudança climática, segundo o comunicado.

No ano passado, os membros do G8 acertaram em Heiligendamm (Alemanha) "considerar seriamente" a redução pela metade das emissões de gases causadores do efeito estufa até 2050.

A reunião de três dias em Kobe, que terminou hoje, foi uma das reuniões ministeriais organizadas como prévia da cúpula internacional do G8, que acontecerá entre os dias 7 e 9 de julho na região montanhosa do lago Toya, na ilha de Hokkaido, Japão. EFE icr/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG