Ministros iniciam reunião prévia à Cúpula América Latina-UE em Lima

Lima, 15 mai (EFE).- Os ministros das Relações Exteriores da América Latina, do Caribe e da União Européia (EU-LAC, em inglês) iniciaram hoje em Lima sua reunião preparatória da cúpula presidencial da sexta-feira, enquanto se espera a chegada dos líderes.

EFE |

Os chanceleres das duas regiões darão forma definitiva à declaração final da cúpula, que na quarta-feira ficou praticamente fechada, só faltando concretizar o parágrafo relativo às negociações entre a UE e os grupos sub-regionais de integração: Mercosul, Comunidade Andina e América Central.

O coordenador geral da cúpula, Hernán Couturier, disse hoje à imprensa que a reunião acontecerá a portas fechadas, e qualificou de "muito rica" a agenda dos ministros.

Sobre a Declaração de Lima, que deverão ratificar os chefes de Estado e Governo na sexta-feira, disse que é "essencial" e insistiu em que "não houve desavenças" durante a negociação.

"Houve pontos de vista diferentes, mas dentro da cordialidade e solidariedade" que caracteriza os países integrantes do mecanismo EU-LAC, reconheceu o embaixador peruano.

Uma foto oficial tirada no Museu da Nação, sede da 5ª Cúpula América Latina-Caribe-União Européia, na qual posaram todos os chanceleres, deu a largada à reunião, que terminará no final da tarde e dará espaço na sexta-feira ao encontro presidencial.

Além da reunião de ministros, para hoje está prevista a chegada da maior parte dos governantes, entre eles o chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Também devem estar presentes o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os chefes de Estado da Colômbia, Álvaro Uribe; da Bolívia, Evo Morales; do Equador, Rafael Correa; e do México, Felipe Calderón, entre outros. EFE erm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG