Ministros ibero-americanos querem incentivar português e espanhol na internet

Lisboa, 22 abr (EFE).- Os ministros ibero-americanos de Cultura decidiram hoje impulsionar a difusão das línguas portuguesa e espanhola na internet e no mundo da ciência e da tecnologia, no qual reconheceram um grande atraso frente ao inglês.

EFE |

Ao fim da conferência realizada em Lisboa, os 20 países presentes aprovaram uma declaração que também prevê a defesa das culturas minoritárias da região e inicia diversos programas e iniciativas de cooperação cultural.

O secretário-geral Ibero-americano, Enrique Iglesias, que participou da reunião, reconheceu o temor existente em relação a uma possível diminuição dos orçamentos culturais por causa dos problemas econômicos atuais.

Iglesias declarou que os ministros concordam que "seria um erro se os países sacrificassem uma fonte de riqueza como são os investimentos em indústrias culturais" e ressaltou que a cultura não é parte do problema da crise econômica, "mas pode ser parte da solução". EFE ecs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG