papel indigno , diz Fidel - Mundo - iG" /

Ministros foram trocados por papel indigno , diz Fidel

HAVANA (Reuters) - O ex-líder cubano Fidel Castro disse nesta terça-feira que dois políticos importantes foram demitidos de seus cargos em uma reforma governamental por tomarem um papel indigno, que deu esperança aos inimigos do país. Fidel, em uma coluna publicada na Internet, parecia se referir ao ex-chanceler Felipe Pérez Roque e ao chefe de gabinete Carlos Lage, considerados grandes membros da geração de líderes jovens de Cuba antes de serem demitidos na segunda-feira.

Reuters |

Lage foi substituído como chefe de gabinete do presidente, Raúl Castro, mas acredita-se que deve seguir como vice-presidente do Conselho de Ministros de Cuba.

"O doce do poder, pelo qual não conheceram sacrifício algum, despertou neles ambições que os levaram a um papel indigno", escreveu Fidel, chamando-os de "os dois mencionados pelas agências de notícias como os mais afetados".

"Os inimigos externos se encheram de expectativas com eles", disse Fidel, que renunciou à Presidência cubana no ano passado devido a problemas de saúde.

Ambos os demitidos têm laços estreitos com Fidel Castro -- Lage foi protegido por Fidel por anos e Perez Roque foi seu secretário pessoal.

Lage foi considerado por muitos como um reformador econômico, enquanto Perez Roque declarou recentemente estar esperançoso sobre as possibilidades de melhorar as relações com os Estados Unidos com o novo presidente norte-americano, Barack Obama.

Raúl Castro, que assumiu oficialmente o cargo de seu irmão mais velho, Fidel, há ano, nomeou oito novos ministros e extinguiu dois ministérios em uma reforma ministerial, e disse que a decisão visa modernizar seu governo.

(Reportagem de Jeff Franks)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG