Ministros de França e R.Unido visitam o Sri Lanka

Nova Délhi, 29 abr (EFE).- Os ministros de Exteriores da França, Bernard Kouchner, e do Reino Unido, David Miliband, chegam hoje ao Sri Lanka para revisar com as autoridades do país a situação dos civis deslocados pelo conflito no norte do país.

EFE |

A visita de hoje é a primeira missão diplomática de tão alto nível que o Governo cingalês aceita desde o começo de sua ofensiva contra o último reduto da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) lançada na semana passada.

Essa operação gerou a fuga de mais de 100 mil civis que estavam na região sob comando rebelde, e que agora se amontoam em acampamentos sob controle das tropas em território governamental.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) cifrou ontem em 160 mil o número de deslocados que fugiram da área de conflito.

Está previsto que Miliband e Kouchner ofereçam uma entrevista coletiva junto com o chefe da diplomacia cingalesa, Rohitha Bogollagama, informou à Agência Efe o porta-voz da Presidência Lucien Rajakarunanayake.

O Executivo do Sri Lanka recusou o visto de entrada ao ministro sueco, Carl Bildt, que viajaria junto com Miliband e Kouchner.

Na semana passada, Kouchner anunciou que a França tentaria organizar com o Reino Unido uma operação humanitária no Sri Lanka para permitir a saída dos civis da área das hostilidades.

O Ministério de Exteriores do Sri Lanka informou que a visita de Kouchner e Miliband é de caráter "bilateral", e não se trata de uma missão na qualidade de membros da ONU, segundo um comunicado. EFE mb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG