Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Ministros da UE aprovam medidas para aumento do controle de explosivos

Luxemburgo, 18 abr (EFE).- Os ministros de Interior e Justiça da União Européia (UE) aprovaram hoje um plano de ação com 48 medidas para aumentar o controle e a segurança dos explosivos, que começou a ser idealizado após os atentados de 11 de março de 2004 em Madri.

EFE |

Entre as medidas estão um sistema europeu de alerta antecipado de explosivos, que comunicará às autoridades nacionais de segurança questões como ameaças imediatas, roubo de explosivos, detonadores ou precursores, assim como transações suspeitas.

Outro exemplo é um sistema europeu de dados sobre atentados, que permitirá que as autoridades nacionais de segurança possam comunicar entre si, de forma permanente, os incidentes com explosivos.

As medidas, elaboradas por um grupo de especialistas e propostas pela Comissão Européia em novembro, incluem elementos como aumentar o controle em armazenamento e transporte, assim como um maior acompanhamento dos produtos precursores.

A aprovação ocorreu "em um tempo recorde: é uma contribuição da maior importância para a luta contra o terrorismo", disse o comissário de Justiça e Segurança da UE, Jacques Barrot.

Algumas das medidas já estão em vigor em escala nacional ou entre alguns países da UE, e as outras serão iniciadas de forma progressiva entre 2008 e 2009.

Os planos da União Européia para melhorar a segurança na gestão dos explosivos começaram após os atentados de 11 de março de 2004 em Madri.

Duas semanas depois dos atentados, em 25 de março de 2004, o Conselho Europeu considerou prioritário "privar as organizações e grupos terroristas dos instrumentos que precisam para suas atividades". EFE rcf/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG