Ministros da América do Sul definirão estratégias conjuntas contra gripe

La Paz, 11 jul (EFE).- Os ministros da Saúde da América do Sul definirão na terça e quarta-feira, em Buenos Aires, as estratégias comuns para enfrentar a gripe suína na região, anunciou hoje o ministro boliviano, Ramiro Taipa.

EFE |

"Todos os ministros de Saúde da América do Sul se reunião.

Queremos fazer um plano conjunto da epidemia e fundamentalmente colaborar na emergência na Argentina e no Chile", afirmou Taipa, em declarações ao canal "PAT".

Taipa, que afirmou que chegará a Buenos Aires na manhã de terça-feira, ressaltou a importância da reunião para a Bolívia, sobre como atuar nas fronteiras com a Argentina, país com quem compartilha quase 800 quilômetros.

A gripe causou, até o momento, pelo menos 100 mortes na Argentina, onde se estima que 100 mil pessoas já tenham sido contaminadas pelo vírus, no país mais afetado pela epidemia da América do Sul.

O Chile registrou 25 mortes e 9.549 contagiados pela gripe.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE lav/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG