Ministro turco indica vontade da Armênia de resolver crises no Cáucaso

Istambul, 10 set (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores turco, Ali Babacan, afirmou hoje que, durante sua viagem à Armênia este fim de semana, constatou a poderosa vontade do Governo de Yerevan de resolver seus conflitos com a Turquia e o Azerbaijão.

EFE |

Em entrevista à rede turca "NTV", o chefe da diplomacia turca disse que, durante a visita dele e do presidente turco, Abdullah Gül, a Yerevan "foi tomada a decisão de acelerar o processo" de contatos entre a Turquia e a Armênia.

"Estamos esperançosos no tema de estabelecer relações. A diplomacia entre os dois países vai aumentar", acrescentou Babacan, e deu a entender que está sendo tratado o tema da abertura da fronteira, por razões comerciais e para evitar as "dificuldades" às quais estão submetidos os habitantes dos dois lados.

No sábado passado, Gül foi o primeiro chefe de Estado turco a visitar a República da Armênia - país com o qual não mantém relações diplomáticas - a convite do presidente armênio, Serj Sarkisian.

Gül viajou hoje ao Azerbaijão, outro país em conflito com a Armênia devido à soberania do enclave de Nagorno-Karabakh - situado em solo azerbaijano, mas sob controle do Exército armênio -, para tratar junto ao presidente azerbaijano, Ilham Aliyev, a resolução dos conflitos do Cáucaso. EFE Amu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG