Ministro sérvio ignora desde quando Karadzic estava no país

Belgrado, 23 jul (EFE).- O ministro do Interior sérvio, Ivica Dacic, insistiu hoje em que seu departamento e a Polícia não intervieram na captura na segunda-feira de Radovan Karadzic, detido pelos serviços secretos, e pediu explicações sobre desde quando o suposto criminoso de guerra estava na Sérvia.

EFE |

Segundo informações de hoje da imprensa local, Dacic disse que é necessário e importante explicar "ao público na Sérvia desde quando Karadzic está no país sob observação dos serviços secretos".

O também vice-primeiro-ministro disse que "nenhum membro do Ministério do Interior participou da localização e detenção de Karadzic, mas sim os serviços de segurança".

Após a detenção do ex-líder servo-bósnio, as autoridades sérvias se negaram a oferecer mais detalhes sobre a operação para não prejudicar a busca dos outros dois acusados ainda foragidos da Justiça internacional, Ratko Mladic e Goran Hadzic.

A detenção ocorreu poucos dias depois da substituição na direção dos serviços de inteligência sérvios, após a posse do novo Governo da Sérvia, em 7 de julho.

Dacic disse também que a Polícia assegurará nos próximos dias a ordem e paz no país, em referência aos protestos contra a detenção de Karadzic que ocorreram em Belgrado nos dois últimos dias. EFE Sn/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG