Ministro ordena libertação de bodes de prisão no Congo

Autoridades da República Democrática do Congo ordenaram a libertação de uma dúzia de bodes que estavam presos em uma cadeia comum, alegando que os animais foram detidos ilegalmente. O vice-ministro da Justiça, Claude Nyamugabo, disse ter encontrado os animais em uma visita de rotina em uma prisão em Kinshasa, capital do país.

BBC Brasil |

Os bodes foram acusados formalmente de envolvimento em sua venda ilegal na beira de estrada e estavam sendo mantidos para serem levados a um tribunal.

Ao ordenar a libertação imediata dos animais, o vice-ministro afirmou que faltava aos policiais conhecimento jurídico, razão pela qual serão enviados para treinamento.

Ele disse que ficou abismado ao encontrar animais e seres humanos detidos em uma mesma cela. As autoridades não informaram qual seria a pena dos bichos, se fossem considerados culpados.

Ainda assim, tendo em vista as condições das prisões no Congo, disse a analista da BBC para a África Mary Harper, é provável que os bodes se sintam aliviados de voltar à liberdade.

Não está claro o destino dos donos dos bodes, que também foram presos.

Leia mais sobre bodes

    Leia tudo sobre: congo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG