O ministro equatoriano de Segurança, Miguel Carvajal, afirmou nesta sexta-feira à AFP que a campanha eleitoral do presidente Rafael Correa não recebeu financiamento das Farc e assegurou que o governo de Quito não mantém qualquer relação com essa guerrilha colombiana.

SP/cd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.