Argel, 27 jan (EFE).- O ministro brasileiro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, foi recebido hoje pelo primeiro-ministro argelino, Ahmed Ouyahia, após chegar à capital Argel acompanhado por 100 empresários brasileiros para abrir um seminário conjunto, informaram fontes oficiais.

Ele entregou uma mensagem do presidente Luís Inácio Lula da Silva ao seu colega da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, e inaugurou, junto ao ministro argelino, um seminário sobre "Realidades econômicas do Brasil e da Argélia" com a participação de operadores econômicos de ambos os países.

Miguel Jorge ressaltou a vontade de empresários brasileiros de investir na Argélia, especialmente no setor das novas tecnologias da informação, têxtil e de agricultura e lembrou que muitos já estão presentes atualmente.

O ministro do Comércio argelino, El Hashemi Djaboub expressou o desejo de seu país de aprender com a experiência brasileira em passar de importador a exportador através do desenvolvimento da produção nacional.

Além disso, ressaltou o entorno propício que a Argélia oferece para o investimento estrangeiro, caracterizado por disponibilidade de fundos e de créditos e uma regulação atrativa.

No ano passado, o Brasil foi o oitavo maior cliente da Argélia, de onde importou produtos no valor de US$ 2,5 bilhões.

O Brasil também foi o 12º maior exportador à Argélia, no valor de US$ 863 milhões, segundo as estatísticas oficiais das alfândegas argelinas. EFE jg/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.