Ministro italiano expressa preocupação com violência no Irã

Roma, 16 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores italiano, Franco Frattini, expressou hoje profunda preocupação com a atual situação no Irã e disse que a violência nas ruas e as mortes de pessoas são inaceitáveis.

EFE |

"Estamos muito preocupados com a violência que não para", afirmou Frattini à imprensa local, lembrando que a União Europeia (UE) pediu às autoridades iranianas para investigar as alegações de fraude e responderem às preocupações da comunidade internacional.

Frattini afirmou que permanece o convite feito pela Itália ao Irã para que participe da reunião do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais ricos e a Rússia) de Assuntos Exteriores que será realizada entre 26 e 27 de junho em Trieste, nordeste italiano, e será voltada ao Afeganistão e ao Paquistão.

Ele acrescentou que a estabilização do Afeganistão e do Paquistão é um dos grandes desafios que devem ser enfrentados "para a segurança de todos", e afirmou acreditar que o Irã "pode dar sua contribuição".

No entanto, reconheceu que "a decisão (de participar) corresponde a Teerã". EFE jl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG