Ministro israelense é favorável a pedido de Obama de congelar colonização

O ministro israelense do Comércio e Indústria, Binyamin Ben Eliezer, se pronunciou nesta quarta-feira a favor de congelar a colonização na Cisjordânia, conforme reivindica o presidente americano, Barack Obama.

AFP |

"Os Estados Unidos não têm de ser fracos, pois Israel está ligado a eles, e não devemos nos opor aos americanos", disse Ben Eliezer, um ministro do Partido Trabalhista, em declarações à rádio pública israelense.

"Se os Estados Unidos pediram, temos de fazer", acrescentou.

O governo de Obama exige um congelamento total da colonização na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém leste para desbloquear o processo de paz israelense-palestino. Segundo relatório oficial, 300.000 colonos israelenses vivem na Cisjordânia.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, destacou em contrapartida que a construção deve continuar nas colônias para responder a seu crescimento demográfico "natural". Ele considera Jerusalém a capital unificada do Estado hebreu. Os palestinos querem estabelecer em Jerusalém leste a capital de seu futuro Estado.

jlr/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG