árabe sujo - Mundo - iG" /

Ministro israelense chama policial de árabe sujo

Jerusalém - O ministro da Segurança Pública israelense, Yitzhak Aharonovitch, do partido de extrema direita Yisrael Beiteinu, chamou um policial de árabe sujo, informa hoje o jornal israelense Haaretz.

EFE |

O incidente aconteceu nesta terça-feira, durante uma visita de Aharonovitch à estação central de ônibus de Tel Aviv, na qual lhe foram apresentados vários agentes da Polícia Secreta que trabalham na região, e um deles se desculpou ao ministro por "estar um pouco sujo".

"Um pouco sujo? Você está parecendo um autêntico árabe sujo", respondeu o ministro ao agente, segundo o "Ha'aretz".

Essas palavras foram claramente registradas pelas câmaras de televisão e os microfones dos jornalistas que cobriam o encontro.

O porta-voz do ministro Tal Harel disse hoje à Agência Efe que Aharonovitch "não disse 'árabe sujo', mas usou a gíria 'Arabush'".

O vocábulo, que não tem uma interpretação precisa em outras línguas, e foi traduzido como "árabe sujo" pelo "Ha'aretz", é "uma palavra hebréia extremamente depreciativa em relação os árabes", segundo a definição do jornal israelense "The Jerusalem Post".

"É um termo pobre que não deve ser usado, muito menos por um ministro", admitiu Harel, que disse que o titular de Segurança Pública "não teve a intenção de prejudicar nem ofender ninguém, e já pediu desculpas e sente muito pelo ocorrido".

O presidente do partido árabe Ra'am-Ta'al, Ibrahim Sarsur, criticou duramente Aharonovitch, e qualificou o incidente como um "comentário racista".

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG