Ministro iraniano diz que responsáveis por distúrbios foram detidos

Teerã, 30 dez (EFE).- O ministro da Inteligência iraniano, Heidar Moslehi, anunciou hoje que as Forças de Segurança identificaram e detiveram vários dos responsáveis pelos distúrbios ocorridos no domingo passado durante a festa da Ashura.

EFE |

Em declarações divulgadas pela agência de notícias local "Fars", Moslehi também pediu para que o Poder Judiciário atue de forma definitiva contra os conspiradores detidos.

"Conseguimos considerável informação sobre os que planejaram os distúrbios, e alguns deles foram identificados e detidos", afirmou.

Segundo a "Fars", que cita Moslehi, entre os detidos há membros do grupo opositor no exílio, Mujahedin Khalq (Combatentes do Povo), considerado por Teerã como terrorista, e de grupos que chamou de "marxistas".

Pelo menos oito pessoas morreram durante confrontos no domingo passado entre Forças de Segurança e grupos de opositores, incluindo Ali Moussavi, sobrinho do líder do movimento opositor, Mir Hussein Moussavi.

Moslehi deu a entender hoje que os responsáveis pela morte do sobrinho de Moussavi estariam relacionados com os próprios Mujahedin Khalq.

"Não temos dúvida de que os Monafeqin (termo traduzido como "hipócritas" e que o Governo do Irã costuma utilizar para se referir aos Mujahedin Khalq) estão relacionados a este assunto", afirmou o ministro, segundo a "Fars". EFE jm-msh/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG