Ministro ganha apoio do partido para enfrentar Merkel em 2009

Por Erik Kirschbaum BERLIM (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, ganhou o apoio de seu partido neste sábado para enfrentar a chanceler Angela Merkel nas eleições de 2009, afirmando que o partido Social-Democrata (PSD) poderia melhor conter os excessos por trás da financeira.

Reuters |

Durante discurso inflamado para o congresso do PSD, em que 95 por cento dos delegados o coroaram como candidato ao cargo de chanceler, Steinmeier tentou relacionar a postura conservadora de Merkel à turbulência econômica, que forçou Berlim a lançar um pacote de socorro de 500 bilhões de euros para o sistema bancário.

O partido foi forçado a se unir à "grande coalizão" com Merkel após ter perdido por pouco a última eleição federal em 2005. O PSD passou os últimos três anos atormentado por disputas internas.

"Nós estamos no começo de uma nova era", disse Steinmeier entusiasmado aos 500 membros do partido durante o congresso em Berlim.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG