Brasília, 30 jul (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, disse hoje que a comunidade internacional está unida na luta contra a ETA e na erradicação do terrorismo.

Moratinos, em entrevista coletiva, em Brasília, dentro de uma visita oficial, ressaltou que os terroristas que provocaram a morte de dois agentes da Guarda Civil em Calviá, em Mallorca (Espanha), "não terão nenhuma oportunidade de evitar a Justiça".

"É a mensagem que temos que lançar aos terroristas", disse Moratinos, na presença do chanceler brasileiro, Celso Amorim.

O ministro espanhol agradeceu ao Brasil por sua condenação nos termos mais enérgicos" do atentado em Calviá e do cometido ontem, em Burgos.

Amorim considerou "totalmente inaceitáveis" estas ações e reafirmou sua solidariedade ao povo espanhol. EFE cpg-ed/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.