Ministro espanhol acha que sapatos contra Bush mostram raiva dos muçulmanos

Madri, 16 dez (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, afirmou hoje que a atitude do jornalista iraquiano que jogou seus sapatos contra o presidente americano, George W.

EFE |

Bush, é "pouco digna", mas expressa o "sentimento" e a "raiva" do mundo muçulmano contra a Administração americana.

Moratinos disse que este fato reflete "a imagem, o sentimento de uma sociedade, de um mundo árabe-muçulmano que teve o apoio deste jornalista".

Em declarações à rede espanhola de televisão "Telecinco", Moratinos relacionou este estado de ânimo com a invasão do Iraque, algo que, segundo ele, "começou mal" e em um momento no qual os esforços deviam ter se concentrado no Afeganistão.

"Foi criado um novo inimigo, uma nova estratégia, e concluiu com esse sentimento de animosidade, de rejeição ao ocidental", que, segundo ele, "não é bom para o mundo" nem para a Europa. EFE if/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG