Moscou, 12 ago (EFE).- O ministro de Construção da Inguchétia, Ruslan Amirjánov, foi assassinado hoje a tiros em seu próprio escritório, informaram fontes do Ministério do Interior dessa república russa, vizinha da Chechênia.

"Por volta das 10h30 (3h30, Brasília) várias pessoas armadas entraram no escritório do ministro de Construção e o metralharam", disse um porta-voz ministerial citado pela agência de notícias "Interfax".

Pouco antes, a imprensa local tinha informado que o carro do ministro tinha sido baleado.

Os ataques contra as autoridades locais aumentaram nos últimos meses. No início da semana, o presidente da Inguchétia, Yunus-bek Yevkúrov, que ficou gravemente ferido em um atentado em 22 junho, recebeu alta médica em Moscou. EFE bsi/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.