Ministro é morto a tiros na Inguchétia

Moscou, 12 ago (EFE).- O ministro de Construção da Inguchétia, Ruslan Amirjánov, foi assassinado hoje a tiros em seu próprio escritório, informaram fontes do Ministério do Interior dessa república russa, vizinha da Chechênia.

EFE |

"Por volta das 10h30 (3h30, Brasília) várias pessoas armadas entraram no escritório do ministro de Construção e o metralharam", disse um porta-voz ministerial citado pela agência de notícias "Interfax".

Pouco antes, a imprensa local tinha informado que o carro do ministro tinha sido baleado.

Os ataques contra as autoridades locais aumentaram nos últimos meses. No início da semana, o presidente da Inguchétia, Yunus-bek Yevkúrov, que ficou gravemente ferido em um atentado em 22 junho, recebeu alta médica em Moscou. EFE bsi/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG