Ministro e membro da segurança da Presidência do Equador estão com gripe A

Quito, 13 ago (EFE).- O ministro da Coordenação Política do Equador, Ricardo Patiño, e um membro da equipe de segurança da Presidência do país estão com gripe A, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Uma fonte do Governo disse à Agência Efe que esses dois casos são os únicos próximos à Presidência e descartou possíveis outros, como alguns veículos de imprensa advertiram.

O ministério da Saúde confirmou o caso do segurança presidencial.

No caso de Patiño, um laboratório identificou ontem o contágio da doença. Com isso, foi hospitalizado imediatamente.

Em declarações divulgadas pelo portal do Governo equatoriano na internet, Patiño disse que, graças às ações de prevenção do ministério da Saúde, pôde ser atendido a tempo de evitar complicações.

"Não hesitei em vir a um hospital público. Estou convencido da qualidade deste serviço", acrescentou o ministro.

O ministério da Saúde ressaltou que "não existe nenhum outro caso do vírus na Presidência da República".

Na segunda-feira, Patiño participou ativamente dos atos pela posse do segundo mandato consecutivo do presidente do Equador, Rafael Correa.

O último comunicado oficial sobre a situação do vírus A(H1N1) no Equador informava sobre a morte de 21 pessoas por causa da nova gripe e de 682 casos de contágio. EFE fa/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG