Ministro do Interior morre em acidente aéreo na Cidade do México

O ministro mexicano do Interior, Juan Camilo Mouriño, e outras sete pessoas morreram na queda de um avião nesta terça-feira em pleno centro da Cidade do México, informou a secretaria de Segurança Pública.

AFP |

O avião caiu sobre vários carros na região da principal avenida da Cidade do México, ferindo cerca de 40 pessoas, cinco gravemente. Pelo menos 30 veículos pegaram fogo.

Segundo a rádio Formato 21, seis dos mortos estavam no avião e os outros dois eram pedestres.

O acidente provocou um grande incêndio e as chamas atingiram cabos de alta tensão, deixando sem luz uma ampla zona em torno do local da queda.

O avião, um Learjet da Secretaria do Interior com capacidade para 10 pessoas, caiu às 18H40 local (22H40 Brasília) em um calçadão entre dois prédios próximos ao Paseo de la Reforma, a avenida mais importante da capital mexicana.

O aparelho procedia do estado de San Luis Potosí, onde Mouriño presidiu a assinatura do Acordo Estatal pela Segurança, Justiça e Legalidade.

Camilo Mouriño, de 37 anos, ocupava a Secretaria do Interior desde janeiro passado.

O governo "realizará todas as investigações necessárias para averiguar profundamente as causas desta tragédia", disse à imprensa o presidente mexicano, Felipe Calderón.

Ao que parece, o piloto informou uma avaria à torre de controle do aeroporto da Cidade do México momentos antes de perder contato.

gbv/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG