Ministro do Hamas vai ao Cairo negociar troca de presos com Israel

Gaza, 15 jun (EFE).- O ministro do Interior do Governo do Hamas em Gaza, Fathi Hamad, partiu hoje para o Cairo para conversar com os mediadores egípcios sobre uma possível troca de prisioneiros com Israel.

EFE |

"A delegação debaterá e consultará os oficiais de segurança egípcios sobre a libertação do soldado israelense capturado Gilad Shalit", informaram fontes islâmicas na Faixa.

Esta é a primeira visita oficial de Hamad ao país vizinho.

As conversas indiretas entre Israel e Hamas por meio dos mediadores egípcios para a troca de presos pelo militar sequestrado estavam suspensas desde fevereiro.

O secretário do Ministério da Defesa israelense, Amos Gilad, também viajou neste domingo à capital egípcia para tratar com os mediadores sobre a retomada das negociações.

Shalit foi capturado em 25 de junho de 2006 por três milícias palestinas, entre elas o braço armado do Hamas, em uma base militar israelense próxima a Gaza a qual conseguiram alcançar através de um túnel subterrâneo.

Para libertar o refém, o Hamas exige a libertação de 1.450 presos palestinos dos cerca de 11 mil que há em Israel. EFE sar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG