Ministro de Relações Exteriores do Egito visita Iraque

Por Mohammed Abbas BAGDÁ (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores do Egito, Ahmed Aboul Gheit, fez uma visita não anunciada ao Iraque neste domingo e prometeu reabrir a embaixada em Bagdá em breve, o mais recente sinal de que nações árabes estão lentamente restaurando os laços.

Reuters |

Aboul Gheit estava acompanhado do Ministro do Petróleo, Sameh Fahmy, na primeira delegação egípcia de alto nível ao Iraque desde que a al Qaeda matou enviados egípcios a Bagdá em 2005.

Washington e Bagdá há muito reclamam que outros Estados árabes, a maior parte comandados por muçulmanos sunitas, têm demonstrado um comportamento frio desde a queda de Saddam Hussein.

Aboul Gheit e o ministro de Relações Exteriores do Iraque, Hoshiyar Zebari, disseram aos repórteres durante uma coletiva de imprensa que o Egito iria em breve reabrir a embaixada em Bagdá.

Os dois países também pretendem cooperar em projetos de energia e trocar experiências, disseram eles. No entanto, nenhum acordo foi assinado.

"O Iraque passou por um período difícil e hoje nós esperamos ver o país fora dessa situação... O Egito tem um desejo confirmado de construir uma forte e ativa relação Iraque-Egito", declarou Aboul Gheit.

(Por Missy Ryan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG