Tamanho do texto

Quito, 8 out (EFE) - O ministro de Minas e Petróleo do Equador, Galo Chiriboga, apresentou sua renúncia ao cargo que ocupava desde 23 de julho de 2007, confirmou hoje à Agência Efe uma alta fonte dessa instituição estadual.

A fonte afirmou que o chefe de Estado, Rafael Correa, aceitou a renúncia de Chiriboga, causada por motivos pessoais. EFE sm/db