Ministro de Interior e Justiça renuncia na Colômbia

Bogotá, 20 jun (EFE).- O ministro do Interior e Justiça da Colômbia, Carlos Holguín Sardi, apresentou sua declaração de renuncia ao cargo perante o presidente Álvaro Uribe, informaram hoje fontes de seu escritório em Bogotá.

EFE |

Uma porta-voz do escritório de Sardi confirmou à Agência Efe que o advogado e ex-congressista conservador formalizou sua decisão de retirada na quinta-feira na Casa de Nariño, sede do Governo na capital colombiana.

Holguín será sucedido por seu correligionário Fabio Valencia Cossio, ex-senador e ex-embaixador da Colômbia na Itália que hoje é conselheiro presidencial.

Sardi assumiu o cargo em 22 de agosto de 2006 após retirar-se do Senado e renunciar como presidente do Partido Conservador Colombiano, uma das forças decisivas na reeleição de Uribe. EFE jgh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG