Bogotá, 8 mar (EFE).- O ministro colombiano de Relações Exteriores, Jaime Bermúdez, não viajará para Caracas esta segunda-feira, nem se reunirá com o presidente Hugo Chávez, como tinha sido anunciado neste domingo desde a capital venezuelana, confirmou à Agência Efe um porta-voz da Chancelaria colombiana.

O esclarecimento aconteceu horas depois que o Palácio Presidencial de Miraflores, sede do Executivo venezuelano, divulgou uma convocação à imprensa na qual anunciava a visita de Bermúdez a Caracas.

"O chanceler colombiano não deve nenhuma viagem a Caracas", disse à Efe o porta-voz da Chancelaria colombiana, ao desmentir o anúncio realizado em Caracas.

O Governo da Venezuela informou da visita de Bermúdez horas depois que Chávez advertiu que responderia com aviões e tanques de guerra a uma eventual violação de sua soberania por ordem do ministro colombiano de Defesa, Juan Manuel Santos, a quem voltou a qualificar como uma "ameaça" para a Venezuela e a região. EFE erm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.