Ministro de Assuntos Exteriores chinês viajará ao Brasil

Pequim, 13 jan (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores chinês, Yang Jiechi, viajará ao Brasil de 17 a 19 de janeiros, com o objetivo de fortalecer a cooperação durante a crise econômica, informou hoje a porta-voz da pasta, em entrevista coletiva.

EFE |

"Tanto China quanto o Brasil são dois grandes países em desenvolvimento. Sob as circunstâncias atuais, a cooperação entre os dois ajudará a manter a estabilidade na economia e nas finanças, e a reforçar a cooperação bilateral", disse a porta-voz.

Com esta visita, o Governo chinês espera também que "os dois países reforcem sua presença no cenário internacional".

A porta-voz lembrou que, este ano, se comemoram os 35 anos de laços diplomáticos entre Brasil e China.

"As relações entre os dois países se desenvolveram bem. Estamos satisfeitos com elas. A cooperação aprofundou em setores amplos. E a China se transformou no segundo maior parceiro comercial do Brasil", lembrou a porta-voz.

Com a visita do chanceler chinês ao Brasil, o Governo chinês espera "um desenvolvimento mais profundo e completo de nossa associação estratégica".

Depois de visitar o Brasil, o ministro chinês visitará Portugal nos dias 20 e 21, após uma viagem africana que inicia hoje e na qual visitará Uganda, Ruanda, Malawi e África do Sul.

Yang viaja para estes seis países a convite dos respectivos chanceleres e, durante sua visita, se reunirá com eles e com quatro presidentes, não especificados pela porta-voz. EFE mz/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG