Ministro das Finanças do Japão renuncia e é substituído

O ministro japonês das Finanças, Hirohisa Fujii, renunciou por motivos de saúde e foi substituído pelo vice-primeiro-ministro Naoto Kan, anunciou nesta quarta-feira o chefe de Governo, Yukio Hatoyama.

AFP |

"Aceitei a renúncia. É um problema de saúde. Não podemos fazer nada", afirmou Hatoyama à imprensa.

Fujii, 77 anos, apresentou o pedido de demissão na véspera, mas Hatoyama solicitou que ele permanecese no cargo.

Fujii foi hospitalizado em 28 de dezembro, com um quadro de hipertensão e cansanço. Dois dias depois participou em um conselho de ministros, mas depois teve que ser submetido a novos exames.

Seu substituto, Naoto Kan, de 62 anos, atuava até então como vice-premier e chefe da Agência de Estratégia do Estado.

Fujii, decano do gabinete, é considerado um dos pilares com maior experiência no governo de Hatoyama, que enfrenta uma conjuntura econômica difícil e vários desafios para administrar o orçamento nacional.

A saída de Fuiji representa um duro golpe para o premier, que assumiu o cargo há pouco mais de três meses, mas que sofreu uma forte queda da popularidade nas últimas semanas.

A economia japonesa, a segunda do mundo, acaba de sair de uma recessao que se prolongou de abril de 2008 a março de 2009, a mais longa desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

si-roc/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG