BERLIM (Reuters) - O ministro da Economia da Alemanha, Michael Glos, escreveu ao chefe de partido para apresentar sua renúncia ao cargo de ministro, confirmou um porta-voz do ministério neste sábado. Eu posso confirmar a carta, disse o porta-voz.

Mais cedo, o jornal Bild am Sonntag divulgou que Glos tinha escrito ao chefe do partido da União Social Cristã (CSU): "Eu lhe solicito a minha exoneração das responsabilidades ministeriais."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.