ações de Israel pretendem enfraquecer Abbas - Mundo - iG" /

Ministro da ANP diz que ações de Israel pretendem enfraquecer Abbas

Jerusalém, 17 abr (EFE)- O Ministro de Assuntos Exteriores da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Riad al-Maliki, disse hoje que todas as ações de Israel pretendem enfraquecer o presidente da organização, Mahmoud Abbas, apesar de os líderes israelenses dizerem que querem fortalecê-lo. O cerco a Gaza expõe a fraqueza de Abbas, afeta a população e, em vez de enfraquecer (o movimento islâmico) Hamas, fortalece-o, disse o ministro em entrevista coletiva realizada em um hotel de Jerusalém. Maliki, que também está a cargo da pasta de Informação, admitiu que os cinco primeiros meses de negociação política entre israelenses e palestinos que se passaram desde a conferência de Annapolis (Estados Unidos) não serviram para nada. Se estes cinco meses são um indicador de como será o processo, não deveríamos esperar o final do ano (prazo dado pelas partes em Annapolis para firmar um acordo de paz), mas terminar aqui, lamentou. Nesses cinco meses, acrescentou, o Executivo israelense do primeiro-ministro, Ehud Olmert, não só adotou medidas contrárias a suas obrigações no marco do Mapa de Caminho - o documento que guia as conversas-, mas aumentou suas incursões em Gaza e as detenções de palestinos em comparação com o mesmo período do ano anterior. Estamos totalmente decepcionados, disse o chefe da diplomacia da ANP, que pediu a Israel que coloque fim aos assentamentos e permita a reabertura das instituições da Autoridade em Jerusalém Oriental. Para Mali...

EFE |

Maliki admitiu que o controle da Faixa de Gaza pelo Hamas - que rejeita o atual processo de negociação - é um "problema", mas disse que essa questão ganhará relevância se for preciso implementar em todos os territórios palestinos um eventual pacto com Israel. EFE ap/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG